Buscar
  • Jornal da Cidade

Mulheres protestam contra feminicídio ocorrido em Santa Inês


Um grupo de mulheres realizou uma manifestação contra o feminicídio e violência do gênero no fim da tarde desta quarta-feira (13), em Santa Inês, no Vale do Jiquiriçá.

O ato aconteceu dias após uma dona de casa ter sido morta a tiro de espingarda deflagrado pelo seu ex-companheiro, que segundo familiares da vítima não aceitava o fim do relacionamento. A mulher, Jaci dos Santos Rocha, de 40 anos, que deixou duas filhas, teria sido atingida pelo disparo de garrucha por volta das 07h da última segunda-feira (11), nas proximidades do Correios de Santa Inês, na presença da ex-cunhada.

O autor, Antonio Carlos dos Santos, 42, fugiu logo após o cometimento do crime, que chocou a população local. A Polícia Militar e policiais da Companhia Independente de Policiamento Especializado – Cipe Central realizavam buscas pelo mesmo, que foi encontrado morto as 11h desta quarta, no povoado de Riacho Fundo, área rural de Cravolândia, município vizinho a Santa Inês.

Ele tentava se livrar da patrulha no mato, adentrado em uma residência onde estavam uma criança de 09 anos e um idoso acamado, tendo acesso a uma faca de mesa, que a utilizou para tirar a própria vida. Em nota, a Cipe Central informou que o suspeito entrou no imóvel pelos fundos e que foi fechado o cerco, havendo a verbalização determinando a saída do criminoso, pois a casa estaria cercada.

Contudo, houve resistência do homem e os policiais adentraram na casa, o encontrando sem sinais vitais. Conforme apurou o Blog Marcos Frahm junto ao Instituto Médico Legal de Jequié, para onde o cadáver foi encaminhado, foram constatadas seis perfurações a faca no pescoço, sendo atingida a veia jugular interna.

Mesmo com a confirmação da morte de Antonio Carlos, amigas e familiares da vítima, usando máscara como prevenção à pandemia do novo coronavírus saíram às ruas de Santa Inês em forma de protesto pela morte da mulher. Portando faixas e cartazes, o grupo, que percorreu as vias centrais com o acompanhamento de policiais da PM e Cipe, chegou a se dirigir ao Fórum da cidade pelo fim da violência contra as mulheres.

Informações / Marcos Frahm

60 visualizações

© 2020 Todos os Direitos Reservados

 Por Josi Machado e Allan Lago