Buscar
  • Jornal da Cidade

Jequié: Sem fiscalização, população desrespeita recomendações


Acreditar no bom senso, cordialidade e consciência do cidadão jequieense para evitar o coronavírus é algo cético. O pedido para que não permaneçam próximas umas das outras de forma intencional nas filas ou locais públicos é transgredido. O distanciamento de 1,5 metros nas filas em portas de banco e outros lugares não vem sendo seguido à risca por centenas de pessoas.

Outros não estão dando a devida importância às recomendações, como lavar as mãos, desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência e evitar aglomerações, visto que a redução do contato pessoal reduzirá as chances de transmissão do vírus.

Este último parece ser grande desafio, e dificilmente as autoridades tomarão medidas drásticas para evitar o efeito dominó. As cenas das imagens registradas pela nossa reportagem ficam evidentes, não estão nem ai, desconhecem, infringe ou não respeitam a vida dos outros.

Quem vai parar as aglomerações de pessoas: Prefeitura ou os bancos? Uma boa pergunta para que a fila não pare no boletim Covid19.

Informações / Marcos Cangussu

21 visualizações

© 2020 Todos os Direitos Reservados

 Por Josi Machado e Allan Lago