Buscar
  • Jornal da Cidade

Presa traficante mais procurada da Bahia e envolvida em morte de agente de Jequié


Considerada a maior traficante de drogas da Bahia pela Secretaria de Segurança Pública do estado (SSP-BA), Jasiane Silva Teixeira, 31 anos, foi presa nesta quarta-feira (25), no estado de São Paulo. Ela é a dama de copas do Baralho do Crime da SSP-BA e tinha mandados de prisão expedidos após ter sido condenada pela participação na morte de um agente penitenciário e por tráfico e porte de drogas.

Conhecida como “Dona Maria”, Jasiane foi presa na cidade paulista de Biritiba Mirim, seis dias após o aniversário dela. Na foto divulgada pela SSP no Baralho do Crime, ela aparece com os cabelos pretos. Quando foi encontrada pela polícia, a mulher estava loira. Um vídeo mostra o momento em que policiais confirmam a identidade de Jasiane, já em uma viatura.

A polícia ficou sabendo que ela estava casada com Márcio Faria dos Santos, conhecido como ”Carioca”, apontado como chefe do tráfico no leste paulista, e prendeu a suspeita em casa.

De acordo com a SSP, além do envolvimento na morte do agente, em Jequié, no ano de 2009, ela também é suspeita de ordenar a morte de centenas de pessoas no estado. No caso do agente penitenciário, Jasiane foi condenada por ter fornecido armas e apoio logístico na ação que terminou com a morte da vítima.

Contra a mulher, a polícia tinha também mandados de prisão por envolvimento com corrupção de menores, roubos, falsificações e tráfico de armas. A suspeita será trazida para a Bahia. Jasiane é natural de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, e comandava uma grupo criminoso na região. A SSP informou, ainda, que a quadrilha dela tem ramificações nos estados de São Paulo e Minas Gerais.

Herdeira do crime

De acordo com a Delegacia de Repressão a Ações Criminosas Organizadas (Draco), em Jequié, Jasiane é enteada de um dos traficantes mais antigos da região sudoeste, o Antonilton de Jesus Martines, conhecido como Nenzão. Conforme informações da Draco, a morte do agente penitenciário foi ordenada pelo padrasto. Na ação, Jasiane forneceu as armas e apoio logísticos para o companheiro dela, Bruno de Jesus Camilo, que era sobrinho de Nenzão.

As informações são do G1

229 visualizações

© 2020 Todos os Direitos Reservados

 Por Josi Machado e Allan Lago