Buscar
  • Jornal Cidade

Resumo da semana no Mercado do Futebol



A Central do Mercado bombou na janela de transferências do futebol brasileiro. Teve jogador novo pintando, jogador saindo, jogador retornando... O que não faltou foi negociação. Os times da Série A foram com tudo no mercado e anunciaram novos reforços para a temporada. Confira o que foi destaque no período!

Contratação mais cara desta janela, a vinda de Arrascaeta ao Flamengo, porém, não foi tranquila. Uma arrastada negociação entre o Rubro-Negro e o Cruzeiro ganhou diversos episódios, com acusação dos mineiros de aliciamento do meia uruguaio. No fim, os clubes se acertaram e o jogador se mudou de Belo Horizonte para o Rio de Janeiro.

Outra negociação que ganhou capítulos de novela é o futuro do atacante Bruno Henrique.

O jogador já esteve perto do Flamengo, longe, negociando com o Cruzeiro e agora retomou as conversas com o Rubro-Negro. No entanto, nada certo até o momento. Opina aí e diga o destino do jogador em 2019!

Em rota de fim de contrato com o Besiktas, Vagner Love é um nome que sempre aparece nas janelas do futebol. E, dessa vez, quem está mais próximo de repatriar o atacante é o Corinthians.

Retornos ao futebol brasileiro

Duas contratações do futebol estrangeiro aumentaram as esperanças de uma temporada mais positiva para São Paulo e Palmeiras: o retorno do Profeta ao Tricolor e a volta de Ricardo Goulart ao Brasil no Palmeiras.

Ídolo do clube, Hernanes é um dos nomes de mais badalo da janela. Apesar de não ter superado os valores da contratação de Pablo, o meia, ex-Hebei Fortune, veio como principal reforço e pode ajudar a reconduzir a equipe rumo aos títulos. A primeira missão pelo São Paulo é acabar com o jejum de 14 anos sem levar o Paulistão.

A concorrência, porém, não vai permitir que a missão tricolor seja fácil. O fortíssimo elenco do Palmeiras trouxe Ricardo Goulart, que foi muito bem na China. A torcida, claro, já sonha alto. O Alviverde vai ser campeão em 2019?

Alguns jogadores estiveram perto de se transferir até que de repente a negociação travou.... O Fluminense, por exemplo, esteve próximo de repatriar Ganso, mas, no meio do caminho, o Sevilla mudou de ideia e resolveu vendê-lo ao invés de emprestá-lo. E, assim, o negócio desandou.

Teve também os namoros longos, mas que terminaram sem um acerto. Dedé no Flamengo foi o que mais agitou o mercado. O vice-presidente de futebol do Cruzeiro, Itair Machado, tratou o zagueiro como inegociável, estipulou venda apenas pela multa rescisória, o que impediu o desfecho positivo para o Rubro Negro. Thiago Neves no Grêmio e Willian Arão no São Paulo são alguns outros exemplos de transações sem um final feliz.

Fonte: GE


0 visualização