Buscar
  • Jornal da Cidade

Depois de ser 'devolvido' duas vezes, menino de 8 anos é adotado por casal de Brasília


Adotar uma criança não é como escolher uma boneca – ou boneco – na loja de brinquedos.

Embora seja permitido aos adultos elencar preferências e até características desejadas quando dão entrada no pedido de adoção, "devolver" um filho aumenta ainda mais o estigma de ser rejeitado, carregado pela maioria dos meninos e meninas que crescem nos abrigos, enquanto veem os mais novos serem levados para um "lar de verdade".

Antes de completar 8 anos, Enzo foi acometido duas vezes pela sensação de ser um boneco na prateleira. Foi levado por pessoas que se apresentaram como pais e, depois, foi devolvido.

Da última vez que isso aconteceu, acabou separado da irmã – que preencheu o papel de filha do casal que não conseguiu o mesmo com Enzo. Dos sete irmãos biológicos, cada um foi adotado por uma família diferente, apenas ele havia "sobrado".

Mas há cerca de um ano, essa história começou a mudar. "Enzo nos escolheu", afirmam os pais Kairon Oliveira da Silva e Silvio Romero Fagundes, que moram em Brasília.

“Até então, o plano era adotar uma criança de até dois anos, mas quando me apresentaram o Enzo foi amor à primeira vista”, disse Kairon. “Liguei pro Silvio e falei: a gente já tem um filho.”

“É uma coisa inexplicável. Eu não sei que amor foi esse, mas filho a gente não escolhe, né?”

O único empecilho para que os três se tornassem uma família, naquele momento, era geográfico. O menino vivia em um abrigo de Águas Lindas de Goiás, no Entorno do DF, e o casal mora em Brasília. “Nós começamos o processo por aqui com o plano de migrar para a fila de Goiás e conseguir o Enzo.”

Há um ano, no dia 5 de dezembro de 2017, Kairon e Silvio fizeram juntos a primeira visita a Enzo. Eles conseguiram transferir o pedido de adoção para Goiás e começaram os trabalhos de aproximação com o menino, em parceria com a equipe da casa de acolhimento.

O processo de adoção foi concluído no dia 12 de novembro pelo juiz Felipe Jales Soares, da 1ª Vara de Família, Sucessões, Infância e Juventude do fórum de Águas Lindas de Goiás. Agora o menino é legalmente filho de Kairon e Silvio.

Fonte: G1

5 visualizações

© 2020 Todos os Direitos Reservados

 Por Josi Machado e Allan Lago