Buscar
  • Jornal Cidade

Ser LGBT e cristão é possível? Pastor gay diz que é, apesar do preconceito


Para Gregory Rodrigues, 26 anos, pastor, gay e autor do livro “A Bíblia Fora do Armário”, sobre a relação entre cristianismo e homossexualidade, é possível sim ser LGBT e cristão. Ele alerta, porém, que manter a compatibilidade não é tarefa fácil.

Lidar com cristãos tradicionais, segundo o pastor, requer esforços. “Sempre haverá gente com outras interpretações, defendendo pregações condenatórias, como as que tratam LGBT como pessoas possuídas por demônios ou que precisam ser curadas”, lamenta.

Do outro lado, alguns LGBT, de tanto ouvirem discursos preconceituosos, acabam acreditando que toda igreja é igual e desconhecem as igrejas inclusivas – que são mais liberais e acolhem a diversidade.

“As igrejas inclusivas não buscam cercear sua liberdade de vida”, explica.

Fonte G1

6 visualizações

© 2020 Todos os Direitos Reservados

 Por Josi Machado e Allan Lago