Buscar
  • Jornal Cidade

Bombeiro Civil alerta para acidentes com queimaduras no São João



Quando o assunto é São João, os fogos de artifício fazem parte da linda celebração cultural. E sendo ano de Copa do Mundo as comemorações são em dobro. Mas os cuidados também devem ser redobrados. Durante as festas Juninas aumentam o número de ocorrências relacionadas a queimaduras por manuseio inadequado de fogos de artifícios. É comum inclusive, acidentes envolvendo crianças. O risco vai além de queimaduras, alguns fogos mais pesados podem causar lacerações ou até mutilações nos dedos e nas mãos. O ideal é que a criança esteja sempre acompanhada pelos pais ou responsáveis no manuseio do material.

Vejas alguns cuidados que podem ajudar aproveitar o São João com segurança:

  1. Só compre fogos em locais autorizados: fogos de artifícios clandestinos geralmente não são testados e não possuem orientações do fabricante na embalagem.

  2. Observar as classificações e tipos de fogos :antes de comprar verifique a classe e o tipo adequado para a pessoa que Irá manusear. Tipo A livre, Tipo B acima de 16 anos, Tipo C a partir de 18 anos, já o Tipo D só pode ser manejado por profissionais especializados. Pois ocorrendo divergência dessa observação, acidentes podem facilmente acontecer.

  3. Siga as orientações do fabricante.

  4. Nunca deixe crianças soltar fogos sozinhas: sempre acompanhe seus filhos quando forem soltar fogos. Oriente sobre os perigos e manuseio dos mais perigosos.

  5. Em caso de falha, não tente reutilizar o produto, jogue água sobre o pavio por segurança.

  6. Ficar distante cerca de 30 a 50 metros de locais de queima de fogos

Algumas ações devem ser tomadas em caso de lesões por fogos de artifícios são elas:

-Comunicar os Bombeiros, SAMU ou encaminhar imediatamente ao Hospital.

-Limpar o local afetado com água corrente ou soro fisiológico.

-Envolver com pano molhado e limpo o local com a queimadura.

-Em caso de amputação envolver o membro amputado em um saco plástico e colocá-lo em um isopor com gelo e procurar imediatamente o serviço de emergência.

Fonte: Bombeiro Civil de Maracás


0 visualização