Buscar
  • Jornal Cidade

Presidente da Câmara de vereadores de Itiruçu, Ezequiel Borges prova no MP que não praticou nepotism



Itiruçu – O presidente da Câmara, Ezequiel Borges (PRB), atendeu hoje a oficialização do Ministério Público para prestar esclarecimentos sobre denúncia de possível prática de nepotismo na Câmara municipal, em audiência realizada no Fórum local com o promotor de Justiça, Dr. Saulo Rezende Moreira.

A ação foi protocolada pelo vereador Roberto Silva (PSL), que também denunciou a gestão municipal, resultando em ajuste de conduta e 07 pessoas enquadradas no nepotismo, que serão exoneradas no prazo de 40 dias. Leia mais.

Já na Câmara municipal, de acordo com informações obtidas pelo Itiruçu Online, não houve a constatação da prática de nepotismo. A comprovação de não existir pessoas enquadradas no Nepotismo foi comemorada pelo presidente, que em nota disse: “Foi comprovado documentalmente que não existe prática de condutas irregulares na Casa de leis. Nenhum funcionário da Câmara de Itiruçu se enquadra na Súmula Vinculante nº 13. Foi assinado um TAC de comprometimento com MP onde veda qualquer conduta posterior que se enquadre na Súmula”, garantiu Ezequiel. fonte Itiruçu Online


0 visualização